sábado, 20 de outubro de 2012

Salão Paranaense recorde de inscrições


Cultura

Salão Paranaense tem número recorde de inscrições - 03/08/2012 16:50

A 64ª edição do Salão Paranaense, uma das principais premiações de artes plásticas do Brasil, registrou um número recorde de inscrições. Ao todo foram 833 propostas enviadas por artistas de 18 estados diferentes, superando a edição do prêmio realizada em 1987, quando 711 artistas se inscreveram.

O comitê curatorial que analisou os trabalhos foi composto pelos profissionais Denise Bandeira e Maria José Justino, do Paraná; Lizette Lagnado e Norma Grinberg, de São Paulo; e Paulo Herkenhoff, do Rio de Janeiro, todos com reconhecida atuação na área das artes visuais. O resultado será divulgado nesta quarta-feira (08) nos sites da Secretaria da Cultura do Paraná (www.cultura.pr.gov.br) e do Museu de Arte Contemporânea (www.mac.pr.gov.br).

O critério de escolha contemplou a qualidade e contemporaneidade das obras. O comitê optou por trabalhos que dialogassem com o social e que pertencessem a diversas linguagens, distintos repertórios e multiplicidade de suporte, sem prejuízo das expressões tradicionais.

PRÊMIO - O 64º Salão Paranaense é realizado pela Secretaria da Cultura do Paraná, por meio do Museu de Arte Contemporânea (MAC), e vai contemplar 27 artistas, que serão premiados com o valor total de R$ 225 mil. Os trabalhos serão expostos de 29 de novembro de2012 a 28 de abril de 2013 no MAC.

O evento foi criado em 1944 e passou a ser realizado pelo MAC em 1970. Em 2005 ele tornou-se bienal, ampliou a área de abrangência e instituiu prêmios a todos os artistas selecionados e convidados. Desde sua concepção original, o Salão acolhe propostas que apontam novos caminhos para as artes visuais.

Cronograma:

Divulgação do resultado: 08 (quarta-feira).

Recebimento das obras: 22 de outubro a 09 de novembro.

Abertura do Salão: 29 de novembro.

Encerramento do Salão: 28 de abril de 2013.

Devolução das obras: de 06 a 28 de maio de 2013.

Museu Paranaense faz 136 anos



fonte: caderno G da Gazeta do Povo online


sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Salão de artes de Jacarezinho

37 obras  no Salão de Artes Visuais de Jacarezinho


19/10/2012 12:16


Alfredo Jorge


Com início na noite de ontem, 18, o 29º Salão de Artes Visuais de Jacarezinho, segue até o dia 14 de novembro, com exposição de 37 obras de arte, envolvendo quadros, esculturas, painéis, entre outros objetos artísticos, produzidos por 26 artistas plásticos, de Jacarezinho entre outras cidades. A mostra fica no hall de entrada do Teatro Cine Iguaçu, e a entrada é franca.

A cerimônia de abertura, contou com a participação de dezenas de pessoas, dentre populares, artistas e autoridades municipais, como a secretária de Educação Cultura e Esportes, Laura Lemos Gomes do Amaral, o Diretor de Cultura do Município, Carlos Henrique Costa, o vice-presidente do Conselho Municipal de Cultura, Jucelino Biagini e os curadores das obras selecionadas, cedidos pela Secretaria do Estado da Cultura.

Dando abertura oficial ao evento, a secretária da Educação, falou em nome da prefeita Tina Toneti, que não pôde comparecer por motivos de força maior. "É com muito orgulho que eu declaro aberto este Salão de Artes Visuais. Há pouco conversava com os artistas que aqui estão, e o que a gente percebe, é a importância de incentivar a arte e as exposições dos trabalhos desenvolvidos. A arte deve ser vista, deve ser mostrada e admirada, porque isso faz um bem para nós todos. Fico feliz de fazer parte desta gestão e ser subordinada à uma artista, que valorizou todas as formas de expressão da arte, como a Tina Toneti têm feito. O trabalho que estamos fazendo certamente ficará na história de Jacarezinho", disse.

O vice-presidente do Conselho Municipal de Cultura Jucelino Biagini, lembrou dos vários artistas que projetaram o nome de Jacarezinho para o mundo, como o artista "Quincajú", que recebeu o título de Cidadão Honorário. Biagini também lembrou da luta em prol da arte e da realização do Salão de Artes no Município. "É com muita felicidade que vejo o Salão de Jacarezinho retornando à sua grandiosidade. Na gestão passada, tivemos um problema com o Governo Estadual, que diminuiu as verbas e regionalizaram os Salões de Arte, ficando apenas em cinco regiões do Paraná, por isso tivemos de lutar muito pelo Salão de Jacarezinho, e com o apoio de nossos colegas, conseguimos resgatar este evento tão importante. Agradeço a participação de todos os artistas e dos organizadores e curadores pela realização de mais esta edição do Salão de Artes Visuais de Jacarezinho", comentou.

Encerrando a solenidade, o artista contemplado com o prêmio "Quincaju" (exclusivo para o artista Jacarezinhense), Luiz Carlos Delsasso, recebeu o título de Honra ao Mérito, pela obra "Fazenda Campinho". "Eu planejei fazer uma pintura colocando o meu neto num campinho de futebol, soltando pipa. E daí partiu a ideia de fazer alguma imagem explorando este sentimento. Receber o prêmio Quincajú, é uma honra pra mim e pretendo levar a diante esta arte", frisou.

A obra "Fazenda Campinho" possui a técnica em óleo sobre mdf, assim como as outras duas obras do artista, também selecionadas para compor a Mostra, "Sitio Água Azul" e " Sitio Bambuzal". Outros dois artistas também receberão o título de Honra ao Mérito, porém, pelo fato de estes serem de Curitiba, o documento será encaminhado pelos Correios. São eles: Sandra Marchi, com a obra "Catedral da Alma III" com técnica mista em xilogravura com acrílica sobre tela e Edilson de Carvalho Viriato, com a obra "Um Dia na Semana VI", com técnica em acrílica.



Departamento de Comunicação/ Prefeitura de Jacarezinho. - Texto: Juliana Modotti/ Fotos: Alfredo Jorge


Fonte: site da prefeitura de Jacarezinho

29º Salão de Artes Visuais de Jacarezinho será aberto hoje no Cine Iguaçu


18/10/2012 16:19

A Mostra deverá contar com 37 obras de arte

Alfredo Jorge


Arquivos relacionados
Artistas e obras premiadas...
Artistas e obras selecionadas...





Nesta quinta- feira, 18 será realizada a abertura oficial da 29ª edição do Salão de Artes Visuais de Jacarezinho, no Teatro Cine Iguaçu, à partir das 20h30. O objetivo é de estimular a arte contemporânea, a criatividade, a produção e o desenvolvimento artístico.

Segundo informações do Departamento Municipal de Cultura, 40 artistas se cadastraram para participar, somando um total de 107 obras inscritas. Destes, 26 foram selecionados para representar os 37 trabalhos que irão compor a Mostra. Dentre as 107 obras inscritas, é possível encontrar trabalhos de artistas de Jacarezinho, Curitiba, Cascavel, Ponta Grossa, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Porto Alegre, entre outras cidades.

Para a prefeita de Jacarezinho, Tina Toneti, realizar a 29ª edição do Salão de Artes Visuais é uma honra. "Temos diversas ações culturais em Jacarezinho, que na verdade representam um compromisso de nossa administração com a população. Desejamos a todos uma ótima exposição e que a cultura continue sempre sendo valorizada", disse.

Conforme o cronograma do evento, a seleção e a premiação das obras aconteceram na última terça (16) e ontem (17). A divulgação dos resultados também foi realizada ontem, para que no hoje, aconteça a montagem e a Abertura Oficial da Mostra, que se estenderá até o dia 14 de novembro.

A Comissão de Seleção e Premiação conferiu três prêmios destaque no Salão de Artes Visuais de Jacarezinho, oferecidos pela Prefeitura Municipal através do Departamento de Cultura. As obras são "Catedral da Alma III", de Sandra Marchi, de Curitiba; "Um Dia na Semana VI", de Edilson de Carvalho Viriato, também de Curitiba e "Fazenda Campinho" de Luiz Carlos Delsasso, de Jacarezinho.

O "Prêmio Quincaju", (exclusivo para o artista residente em Jacarezinho) foi para o artista Luiz Carlos Delsasso. As três obras premiadas passarão a incorporar o acervo do Departamento de Cultura Municipal. O valor bruto de cada prêmio é de R$ 1.600,00.

Confira no anexo acima a lista dos artistas e obras seleciondas, e também a lista dos três artistas premiados.



domingo, 14 de outubro de 2012


Nos últimos meses, o Caderno G noticiou duas vezes exposições de artistas que vivem e trabalham em Curitiba que tiveram seus trabalhos reconhecidos e mostrados no exterior. Recentemente, José Antonio de LimaJuliana FugantiMaria Ivone Bergamini, entre outros, levaram suas obras para Porto, em Portugal.
Nessa semana, novamente chegou por aqui uma notícia interessante, até inusitada: o curitibanoDomício Pedroso é o único artista brasileiro que participa com o seu retrato de uma exposição noKestner Gesellschaft, em Hannover, Alemanha. A mostra é da fotógrafa alemã Barbara Klemm, considerada uma das maiores fotojornalistas da atualidade.
Barbara conheceu - e fotografou - Pedroso no final de 2011, quando esteve em Curitiba por conta da ótima mostra Zeitsprung - Salto no Tempo, que ficou em cartaz na Casa Andrade Muricy. Em uma visita ao Museu Oscar Niemeyer, a fotógrafa se interessou pela obra do artista e resolveu visitar o seu ateliê. 

Divulgação
Divulgação / A fotógrafa Barbara Klemm no ateliê de Domício Pedroso (ao fundo), em Curitiba, no final de 2011. A fotógrafa Barbara Klemm no ateliê de Domício Pedroso (ao fundo), em Curitiba, no final de 2011.fonte: site da gazeta do povo
Para essa exposição, Barbara reuniu fotos que realizou de mais de 100 artistas, como
Andy WarholLouise BourgeoisJoseph Beuys, além de escritores e celebridades comoJean Paul SartreSimone de BeauvoirAlfred Hichcock,Madonna e Mick Jagger.